Backstage Music


 
HomeHome  FAQFAQ  SearchSearch  RegisterRegister  Log in  
Photobucket
INTERVIEWERS WANTED!
+Info

Share | 
 

 Reportagem: SWR Porto Hard 2012 - 2º dia

Go down 
AuthorMessage
Pieni
Backstage Press | Level 3
Backstage Press | Level 3
avatar

Registration date : 2009-04-06
Number of posts : 548
Age : 39
Country/ City : Portugal / Gaia
Preferred Music Style : hard'n'heavy

PostSubject: Reportagem: SWR Porto Hard 2012 - 2º dia   Thu Jun 21 2012, 10:39

SWR PORTO HARD
2º dia



18 de Junho de 2012
Hard Club
Line-up: SUICIDAL ANGELS, HEATHEN, DEATH ANGEL, EXODUS
Texto & fotos: Renata Lino


A segunda noite começou bastante mais cedo, embora tenha acabado praticamente à mesma hora. Quatro nomes sonantes do thrash metal internacional fizeram as delícias de todos aqueles que, mais uma vez, encheram o Hard Club até à rolha.

Os gregos SUICIDAL ANGELS pegaram fogo ao público desde logo, abrindo com o tema-título do seu já quarto álbum, “Bloodbath”. Formados em 2001, só oito anos mais tarde começaram a chamar a atenção da comunidade old school, com o lançamento do seu segundo álbum, “Sanctify The Darkness”.

Eram várias as vozes a acompanhar Nick Melisssourgos, embora a maioria parecesse desconhecer o trabalho da banda. No entanto, no que tocava a punhos no ar e repetidos “hey!” a alto e bom som, isso toda a gente fazia, contagiada pela energia dos SUICIDAL ANGELS.

“Bleeding Holocaust” e “Chaos (The Curse Is Burning Inside)” foram momentos altos, mas o climax foi atingido nos dois temas finais – “Moshing Crew”, para a qual Nick pediu um mosh pit até ao fundo da sala, e o proverbial hit-single “Apokathilosis”, onde também Nick incitou e “arbitrou” uma wall of death.

www.suicidalangels.com








Embora não anunciado nos cartazes, a entrada em palco dos HEATHEN só surpreendeu alguns. E satisfez todos, ainda que me tenha dado a sensação que eram ainda menos conhecidos do público do que os SUICIDAL ANGELS.

Mas ao contrário dos gregos, cujo estilo que interpretam “estava na moda” duas décadas antes, os HEATHEN formaram-se na Bay Area naquela época dourada, mais propriamente em 1984. Em 1992 entraram num hiatus que duraria nove anos, e foram precisos outros tantos para que fosse lançado um novo álbum (“The Evolution Of Chaos”). Talvez isto explique um pouco a falta de popularidade entre o público, ainda que o seu fundador e único membro original remanescente seja Lee Altus dos EXODUS.

Foi por esse último álbum que começaram (“Intro / Dying Season”) e tal como com a banda anterior, os moshers rapidamente se renderam. E havia ainda quem conhecesse temas como “Open The Grave”, “No Stone Unturned” e o tema final – que alguém até adivinhou – “Death By Hanging”.

www.myspace.com/heathenmetal










Os cabeças de cartaz eram os EXODUS, mas os DEATH ANGEL bem que o poderiam ter sido também. Uma actuação brilhante, com muitos saltos e movimento, de um tecnicismo natural – Rob Cavestany quer tocar bom thrash, não mostrar que é "o melhor da rua dele".

Quando cá tocaram pela primeira vez, na véspera de S. João de 2009 (Cinema Batalha), Mark Osegueda confessou, ao fim de duas ou três músicas, que não sabiam o que esperar do público português e estavam algo receosos. O receio não durou mais que uma música e a banda determinou que o Porto era uma cidade à qual voltar. Agora, três anos depois, Mark falou nessa noite memorável e como estavam contentes por ali estar novamente, batendo com o punho cerrado sobre o coração.

O aclamado álbum de estreia da banda, “The Ultra-Violence”, foi lançado há 25 anos e os DEATH ANGEL têm-no tocado na íntegra nesta tour. Mas no Hard Club teve um gostinho especial, já que era a precisa data do 25º aniversário.(ou pelo menos foi o que Mark disse – a internet diz que foi a 23 de Abril…). De qualquer modo, ou por sermos especiais, ou porque simplesmente tinham mais tempo, os DEATH ANGEL voltaram ao palco para um encore depois de “I.P.F.S.”, o que aparentemente não tem acontecido nas outras datas. Os temas desse encore foram “Truce” e “Thrown To The Wolves”.

http://site.deathangel.us/
















Foi a terceira vez que vi EXODUS e sem dúvida o concerto de que mais gostei. A boa disposição de Rob Dukes contribuiu bastante para isso, e o ambiente em geral, visto que a reacção do público foi excelente.

Ficámos a saber que a banda tinha bebido imenso a caminho do Porto, e que o baixista Jack Gibson tinha passado o dia a vomitar. “But here he is, playing some thrash metal for you”.

Disse também que nós tínhamos uma linda cidade e que os homens daqui tinham a oportunidade de “fuck some of the most beautiful women” (isto depois de já ter dito a uma fã na primeira fila que “your tits are distracting me” e, em consequência disso, que “big tits and money, that’s all that matters”).

E além das piadas, ouvimos aquelas características músicas como “Piranha", “Shroud Of Urine”, “Scar Spangled Banner”, “A Lesson In Violence”... E ainda nos surpreenderam com “Deranged”, em que Kragen Lum dos HEATHEN assumiu o lugar do seu colega de banda Lee.

Creio que foi antes de “Blacklist” que Rob começou a espicaçar-nos com comparações a Madrid. Que lá ao pelo menos havia sempre um “motherfucker” que subia ao palco e mergulhava. Enquanto estive no fosso a fotografar, ou seja, logo nas primeiras três músicas, caíram bastantes crowdsurfers ao meu lado – acho que o único motivo pelo qual não subiam ao palco era o segurança a encaminhá-los de volta para o público. Mas quando o próprio vocalista diz semelhante coisa, não há segurança que resista… Dados os comentários anteriores acerca das mulheres, Rob certamente ficou bastante satisfeito por ver que pelo menos um dos stagedivers era uma rapariga.

Para o encore ficaram “Bonded By Blood”, “Toxic Waltz”, “War Is My Shepherd” e “Strike Of The Beast” – melhor escolha era difícil. A meio de “War Is…” Tom Hunting (apresentado por Rob como “the best thrash metal drummer”) começou a tocar “Rock You Like A Hurricane” dos SCORPIONS, que o resto da banda acompanhou. Hilariante! Cerca de um minuto depois, retomaram “War Is My Shepherd” de onde a tinham deixado. E em “Strike Of The Beast” o Hard Club presenciou a sua maior wall of death à data.

Resta-me dizer que, como grande admiradora de Gary Holt, estava triste por este estar em tour com os SLAYER, substituindo Jeff Hanneman (que ainda não recuperou da picada que uma aranha lhe deu o ano passado). Mas tenho de admitir que Rick Hunolt fez um trabalho excelente e encheu (ainda mais) de vida o concerto dos EXODUS. No final, Rob disse que tínhamos sido o melhor público. O melhor não digo, mas dos melhores, isso certamente que sim.

http://exodusattack.com/















Back to top Go down
MI-13
Backstage Press | Level 3
Backstage Press | Level 3
avatar

Registration date : 2008-02-26
Male Number of posts : 956
Age : 40
Country/ City : Portugal/V.N.Gaia
Preferred Music Style : MEtal

PostSubject: Re: Reportagem: SWR Porto Hard 2012 - 2º dia   Mon Jun 25 2012, 12:11

good Work. Acho que nem era preciso ler a report para se saber o que lá aconteceu. pelas fotos nota-se que houve grande noite de thrash sem tretas-
a foto do saltitio em Death Angels very niceeeeeeeeeeeeee

Back to top Go down
Pieni
Backstage Press | Level 3
Backstage Press | Level 3
avatar

Registration date : 2009-04-06
Number of posts : 548
Age : 39
Country/ City : Portugal / Gaia
Preferred Music Style : hard'n'heavy

PostSubject: Re: Reportagem: SWR Porto Hard 2012 - 2º dia   Mon Jun 25 2012, 12:15

MI-13 wrote:
a foto do saltitio em Death Angels very niceeeeeeeeeeeeee


Nem queria acreditar que tinha saído focada

Thanks
Back to top Go down
MI-13
Backstage Press | Level 3
Backstage Press | Level 3
avatar

Registration date : 2008-02-26
Male Number of posts : 956
Age : 40
Country/ City : Portugal/V.N.Gaia
Preferred Music Style : MEtal

PostSubject: Re: Reportagem: SWR Porto Hard 2012 - 2º dia   Mon Jun 25 2012, 12:18

Afinal não é só no Pos-Rock que estás a conseguir foca-los ololol
Back to top Go down
Pieni
Backstage Press | Level 3
Backstage Press | Level 3
avatar

Registration date : 2009-04-06
Number of posts : 548
Age : 39
Country/ City : Portugal / Gaia
Preferred Music Style : hard'n'heavy

PostSubject: Re: Reportagem: SWR Porto Hard 2012 - 2º dia   Mon Jun 25 2012, 12:24

MI-13 wrote:
Afinal não é só no Pos-Rock que estás a conseguir foca-los ololol

Ah ah ah ah
Back to top Go down
Sponsored content




PostSubject: Re: Reportagem: SWR Porto Hard 2012 - 2º dia   

Back to top Go down
 
Reportagem: SWR Porto Hard 2012 - 2º dia
Back to top 
Page 1 of 1
 Similar topics
-
» Any table tennis session on this weekends? 21,22 Apr 2012
» 2012.05.17 - O2 Arena, Dublin, Ireland
» Return To Forever 2CD and Bonus 5.1 DVD 2012
» Soul Clash Special 1 (3rd January 2012)
» 2012.06.27 - St. Jakobshalle, Basel, Switzerland

Permissions in this forum:You cannot reply to topics in this forum
Backstage Music :: General :: Hard n Heavy :: Live Music Feedback-
Jump to: