Backstage Music


 
HomeHome  FAQFAQ  SearchSearch  RegisterRegister  Log in  
Photobucket
INTERVIEWERS WANTED!
+Info

Share | 
 

 ENTREVISTA: PITCHBLACK

Go down 
AuthorMessage
Sandra Manuel
Backstage Press | Manager
Backstage Press | Manager
avatar

Registration date : 2008-03-06
Female Number of posts : 2133
Age : 39
Country/ City : Cortegaça
Preferred Music Style : Metal, Goth, Rock (well, a little bit of everything)

PostSubject: ENTREVISTA: PITCHBLACK   Fri Jun 19 2009, 01:08

PITCHBLACK: ENTREVISTA




Quem já não ouviu falar dos PitchBlack?
Surgiram das raízes de uma banda chamada Withering (Dezembro de 1995) e são considerados por muitos a melhor banda de Thrash Metal em Portugal.
Já pisaram palcos com os Suecos The Haunted, Mastodon (EUA) e Hatesphere (Din); o Festival "Steel Warriors Rebellion VI" com Internal Suffering (Col), Enthroned (Bel), Finntroll (Fin), Katatonia (Sue), etc; a abertura da última data da tour mundial "Bounded By Metal Over Europe" com Exodus (EUA), Nuclear Assault (EUA), Mortician (EUA), Grave (Sue) e Occult (Hol); entre outros Festivais nacionais de Heavy Metal.
Neste momento com um novo line-up encontram-se a promover o seu novo álbum de longa duração, "Hate Division".

O Backstage esteve à conversa com Álvaro Fernandes, o motor da banda!



[b]Backstage Music Forum:
Vamos voltar um pouco ao passado. Em 2006 ficaram sem vocalista e deram inicio a audições para preencher esse lugar.
Como é que passaram das audições para o convite ao Hugo, vocalista dos Switchtense?
Os candidatos não respondiam ás expectativas?

Álvaro:
Na altura fizemos várias audições. Umas 11 ou 12. Algumas pessoas ainda fizeram duas.
Mas nenhuma servia exactamente para o que pretendíamos. Entretanto começou a aproximar-se a hora de começarmos a ensaiar e finalizar o novo álbum, pois tinhamos de estar preparados para entrar em estúdio.
Quando entramos em estúdio ainda não tínhamos ninguém. De repente, recebemos duas enormes contribuições por parte do Hugo e do Pica (Seven Stitches e Spoiled Fiction). Mandaram-nos a mesma música gravada com a voz e foi bastante difícil termos de escolher. Porque se num dia não conseguíamos arranjar vocalista, no outro tínhamos dois excelentes.
E ainda por cima contactaram-nos com o intuito de ajudar a banda. Em alguns concertos e na gravação do disco. Claro que não poderiam ocupar o lugar a 100% por causa das respectivas bandas mas foi fantástico da parte deles e não hesitamos em aceitar a ajuda. Acabamos por escolher o Hugo e depois foi sempre a abrir. São ambos muito profissionais mesmo.
E adoram música!


BMF: Como foram dois anos a trabalhar com um vocalista a 300km’s de distância? Como eram os ensaios?

Álvaro:
Os ensaios não eram hahaha! Ou melhor, ensaiamos umas 3 vezes no máximo! Não dava para ensaiar. Era muito dispendioso e não havia tempo. Mas também não foi preciso porque o Hugo é um excelente músico e fazia a parte dele longe de nós. Chegavamos aos concertos e saía tudo bem! A amizade que todos temos por ele também ajuda a que nos possamos sentir unidos e a coesão e relação no seio da banda entre todos os elementos faça com que tudo funcione melhor e sem grandes dificuldades.


BMF: Não pude deixar de achar curioso o facto de vocês nos requisitos para um novo vocalista terem incluído o sexo feminino, o que eu concordo plenamente.
Mas, estavam dispostos a essa mudança?

Álvaro:
Claro! Porque não? E até tivemos duas candidatas durante as audições! Seria sempre
uma boa escolha, desde que tivessem os requisitos necessários. Não importa o sexo!



BMF: 2009. Ano de mudanças.
Novo álbum e novo vocalista.
Porquê o Tiago Albernaz como vocalista oficial da banda? Este também tem que dividir o seu tempo com outra banda, os The EndGate. Não era mais fácil ter alguém totalmente desimpedido?

Álvaro:
Era mas isso ainda ía ser mais difícil! Termos a sorte de ter encontrado uma pessoa como o Tiago, ainda por cima com disponibilidade e vontade já foi muito bom. A questão da banda arranja-se sempre maneira de ultrapassar. Mas também não se pode ter tudo!


BMF: Quem não está dentro desse mundo (pertencer a uma banda) por vezes não sabe o trabalho que se tem antes de pisar um palco. Conta-nos como é o percurso de uma banda, neste caso PitchBlack claro, com a inclusão de um novo vocalista e ainda por cima a defender um álbum no qual não participou.
Como são os ensaios, a adaptação?

Álvaro:
É um pouco complicado. Temos de ter o dobro do trabalho. Porque nessas condições e com esse peso de responsabilidade é díficil para qualquer um. E ainda por cima com pouco tempo de preparação... Tivemos de nos esforçar mais e principalmente o Tiago, claro. Mas está tudo melhor e vai ficar melhor ainda com o passar do tempo e a rodagem.


BMF: Ainda não tive oportunidade de vos ver ao vivo com a nova formação, mas tenho lido boas críticas.
Apesar de o Hugo ter deixado a fasquia muito elevada, acreditam que em pouco tempo o Tiago vai conseguir “agarrar” os fans de Pitch Black?

Álvaro:
Eu penso que sim. Até já o conseguimos fazer com muita gente mesmo. Ainda há gente que não está convencida mas temos de ter em conta que estas coisas demoram e melhoram sempre de concerto para concerto. Tem-se de dar um desconto e perceber se ali há potencial ou não, se o Tiago é um bom ou mau músico. Se tem capacidade para evoluir ou não. Na minha opinião, respondo afirmativamente a tudo isso!


BMF:
Afirmações como: “PitchBlack" eram a banda de thrash mais profissional e técnica do momento” retirada da Hard’n’heavy na altura do lançamento do Thrash Killing machine, terem sido nomeados a melhor banda do ano na Loud, para vocês deve ter sido um grande incentivo!
Em 2009 vocês continuam na ribalta apesar de bastante concorrência, das alterações no line-up.
Qual o vosso segredo?

Álvaro:
Sim, foram muito boas as reacções ao primeiro disco. Mas este ano temos muita concorrência, tens razão hahaha! Ainda bem que assim é! Obriga todos a trabalharem cada vez mais e melhor, se quiserem continuar a fazer o que gostam. Eu acho que temos este ano (e no anterior também) grandes lançamentos! E bandas cada vez melhores.

BMF: O vosso último trabalho, o Cd “Hate Divison” acabou de sair. As expectativas e recepção dos ouvintes tem sido a esperada?

Álvaro:
É mais fácil para quem está de fora. Nós apenas poderemos saber se será positiva ou negativa a recepção, porque temos consciência do que as pessoas pensam de nós. Mas, naturalmente, estamos sempre com um pé atrás.
No entanto, tem sido tudo muito bom. Temos ouvido opiniões mais diferentes umas das outras com este CD do que com o outro mas de uma maneira geral, têm sido melhores do que o anterior.


BMF: Faz-nos um breve review do álbum para que quem ainda não conhece e comprou sinta a vontade de o fazer.

Álvaro:
O nosso objectivo sempre foi fazer um álbum mais pesado que o anterior. E dar especial atenção ao som final do mesmo, claro. E assegurar que o que tínhamos feito no anterior de errado, não voltaríamos a fazer desta vez. De uma maneira geral penso que conseguimos o que queríamos. O “Hate Division” tem apenas 8 músicas e pouco mais de 30 minutos.. É assim que achamos que deve de ser um álbum de Thrash.... rápido, variado e pesado. Os temas têm partes muito mais técnicas, complexas e rápidas que o trabalho anterior. Estou convencido que qualquer pessoa que goste de Hatesphere, The Haunted, Kreator e Slayer ao mesmo tempo, não ficará desiludido.


BMF: Vocês já pisaram palcos com Napalm Death, Onslaught, Benediction, Moonspell, Dew-Scented, Decadence, entre outros.
Qual foi a experiência que mais vos marcou e porquê?

Álvaro:
Com certeza ver o Rick Unholt dos Exodus a tocar com a nossa t-shirt e a dedicar-nos uma música.


BMF: Com que banda(s) gostavam de poder partilhar o palco e onde?

Álvaro:
Gostava de tocar em alguns dos festivais grandes na Europa. Nomes de bandas, olha os Sodom, Kreator, Suicidal Tendencies, Destruction, Death Angel e Slayer a juntar aos Onslaught, Tankard, Exodus e Nuclear Assault que já estão na lista e ficava satisfeito! haha.


BMF:
Eu ía convosco!
Estão a contar com algum destino além fronteiras na Hate tour?

Álvaro:
Neste momento não é a nossa principal preocupação e duvido que isso esteja para breve. Neste momento ainda temos muito trabalho a fazer e não temos tempo suficiente. Temos de vender mais discos e merchandise para poder investir noutras coisas. Temos de tratar de fazer chegar o nosso CD ainda mais longe, principalmente no estrangeiro e para isso temos de os mandar lá para fora. Gostamos de fazer as coisas aos poucos e bem, por isso não temos pressa em sair lá para fora. Mas por mim, ía já amanhã! Hahaha


BMF:
E vídeo-clip? Pitch Black conta apenas com alguns registos em concertos. Não está nos vossos planos gravarem um vídeo?

Álvaro:
Sim, está mas queremos algo que valha a pena mesmo. Algo que tenhamos a certeza que é um trabalho profissional e que não vai desiludir as pessoas.
Como não temos muitos recursos para isso, ainda estamos a estudar a hipótese. Mas se não for agora, será no terceiro CD.



BMF:
Se te concedessem três desejos para hoje, quais seriam?

Álvaro:
O Chuck Schuldiner nunca nos teria deixado, gostava de ter o meu tempo todo para a música e viver disso e um país onde fazer da música a nossa vida fosse algo ao alcance de quem vive para o Metal.


BMF: Acho que já são quatro desejos eheh.
Para terminar esta entrevista que já vai longa, peço-te para deixares uma mensagem a todos os leitores do Backstage Music Fórum.

Álvaro:
Eu apenas peço a todos que se mantenham fiéis a esta sonoridade e que a partir desse princípio básico se possa fazer da cena em Portugal, algo de valor, verdadeiramente unidos pela mesma causa e onde todos possamos trabalhar sempre para fazer melhor e proporcionar a todos os que ouvem Metal bons momentos de escape à realidade. Afinal, é isso mesmo que isto é... um estilo de vida que gostamos e onde nos sentimos bem, nos divertimos e convivemos.
É a música que nos une!
Obrigado pela oportunidade Sandra e pelo trabalho que vocês desenvolvem no Backstage.



BMF: Álvaro, agradeço-te imenso a disponibilidade e interesse nesta entrevista, e em nome do Backstage desejo aos Pitch Black todo o sucesso do mundo.
Continuem assim. Simpáticos, humildes e acima de tudo excelentes músicos.


Álvaro: Sempre!! Obrigado por tudo!


Visitem o myspace dos PitchBlack: www.myspace.com/pitchblackattack


ENTREVISTA REALIZADA POR: Sandra Manuel


Last edited by Sandra Manuel on Fri Jun 19 2009, 15:47; edited 2 times in total
Back to top Go down
http://www.sandramanuel.com
Amorphis
Music listener
avatar

Registration date : 2007-11-02
Number of posts : 259
Country/ City : Porto
Preferred Music Style : Metal

PostSubject: Re: ENTREVISTA: PITCHBLACK   Fri Jun 19 2009, 14:20

Muito bem Sandra! Gostei de ler esta entrevista
Back to top Go down
Sandra Manuel
Backstage Press | Manager
Backstage Press | Manager
avatar

Registration date : 2008-03-06
Female Number of posts : 2133
Age : 39
Country/ City : Cortegaça
Preferred Music Style : Metal, Goth, Rock (well, a little bit of everything)

PostSubject: Re: ENTREVISTA: PITCHBLACK   Fri Jun 19 2009, 14:35

Amorphis wrote:
Muito bem Sandra! Gostei de ler esta entrevista

Obrigada.
Também gostei de fazer esta entrevista.
Talvez por gostar da música, dar-me bem com os elementos e conhecer razoavelmente a banda, as perguntas surgiram-me todas num ápice.
Back to top Go down
http://www.sandramanuel.com
Victor Matos
Musician
avatar

Registration date : 2009-03-24
Number of posts : 75
Country/ City : Portugal/V.N. de Gaia
Preferred Music Style : Metal

PostSubject: Re: ENTREVISTA: PITCHBLACK   Sat Jun 20 2009, 02:01

Mais uma boa entrevista a mais uma excelente banda.

estes gajos além de terem um som que mexe comigo, ou seja que gosto, são muito porreiros ,
por isso....FORÇA PITCH BLACK !!!
Back to top Go down
Nightshade
Press
avatar

Registration date : 2009-06-22
Male Number of posts : 7
Age : 41
Country/ City : Portugal / Braga
Preferred Music Style : Metal

PostSubject: Re: ENTREVISTA: PITCHBLACK   Mon Jun 22 2009, 21:39

Parabéns pela entrevista Sandra vou começar a vir aqui mais vezes quando não estiver ocupado e promover mais umas tantas;)
Fica bem!!!
Back to top Go down
http://www.myspace.com/hellonfireportugal
Sandra Manuel
Backstage Press | Manager
Backstage Press | Manager
avatar

Registration date : 2008-03-06
Female Number of posts : 2133
Age : 39
Country/ City : Cortegaça
Preferred Music Style : Metal, Goth, Rock (well, a little bit of everything)

PostSubject: Re: ENTREVISTA: PITCHBLACK   Mon Jun 22 2009, 22:22

Nightshade wrote:
Parabéns pela entrevista Sandra vou começar a vir aqui mais vezes quando não estiver ocupado e promover mais umas tantas;)
Fica bem!!!

Hello ;)
Obrigada amigo pelo teu registo aqui e pelo teu comentário!
Sê bem vindo e dispõe!
Sabes que podes contar com o nosso apoio nas tuas iniciativas!
jokitas
Back to top Go down
http://www.sandramanuel.com
Drakos
Music listener
avatar

Registration date : 2008-04-09
Male Number of posts : 171
Age : 39
Country/ City : Portugal/Gondomar
Preferred Music Style : Metal/Rock

PostSubject: Re: ENTREVISTA: PITCHBLACK   Tue Jun 23 2009, 01:24

uma reportagem a valer, foi bom poder conhecer um pouco mais de Pitch Black. Grande Som que têm...
Back to top Go down
Krunus
Music listener
avatar

Registration date : 2008-01-14
Number of posts : 277
Country/ City : Gaia, Portugal

PostSubject: Re: ENTREVISTA: PITCHBLACK   Fri Jun 26 2009, 13:42

Drakos wrote:
uma reportagem a valer, foi bom poder conhecer um pouco mais de Pitch Black. Grande Som que têm...
será que querias dizer entrevista??
Também gostei desta entrevista. Muito bem redigida
Back to top Go down
Sandra Manuel
Backstage Press | Manager
Backstage Press | Manager
avatar

Registration date : 2008-03-06
Female Number of posts : 2133
Age : 39
Country/ City : Cortegaça
Preferred Music Style : Metal, Goth, Rock (well, a little bit of everything)

PostSubject: Re: ENTREVISTA: PITCHBLACK   Fri Jun 26 2009, 23:40

Krunus wrote:
Drakos wrote:
uma reportagem a valer, foi bom poder conhecer um pouco mais de Pitch Black. Grande Som que têm...
será que querias dizer entrevista??
Também gostei desta entrevista. Muito bem redigida

Sim, entrevista eheheh

Obrigada Krunus!
Back to top Go down
http://www.sandramanuel.com
MI-13
Backstage Press | Level 3
Backstage Press | Level 3
avatar

Registration date : 2008-02-26
Male Number of posts : 956
Age : 39
Country/ City : Portugal/V.N.Gaia
Preferred Music Style : MEtal

PostSubject: Re: ENTREVISTA: PITCHBLACK   Mon Jul 20 2009, 17:21

Grande Entrevista, Grande banda e claro GRANDE ÀLVAro :D
Parabéns a todos :d
Grande abraço e mta força tanta para reporter Sandra :D como para o amigao
Álvaro e a sua persistência

"In union WE STANDDDDDDDDDDDDDDDDDD""
Back to top Go down
Psychostick
Music listener
avatar

Registration date : 2009-07-27
Female Number of posts : 28
Age : 27
Country/ City : Porto
Preferred Music Style : PunkRock, Trash metal, heavy metal, grunge, drum n'bass and many others

PostSubject: Re: ENTREVISTA: PITCHBLACK   Mon Jul 27 2009, 22:16

Boa reportagem Sandra!
Força nisso :D
Back to top Go down
Sponsored content




PostSubject: Re: ENTREVISTA: PITCHBLACK   

Back to top Go down
 
ENTREVISTA: PITCHBLACK
Back to top 
Page 1 of 1

Permissions in this forum:You cannot reply to topics in this forum
Backstage Music :: General :: Hard n Heavy :: Interviews-
Jump to: